ABUSO DE SUBSTÂNCIAS OU DROGADICÇÃO

Compartilhe

O uso indevido de substâncias ou drogadicção refere-se ao uso repetitivo de qualquer substância de forma prejudicial a um indivíduo e pode levar a pessoa a desenvolver uma tolerância para a substância ao longo do tempo e a passar por sintomas de abstinência sem ela.

Exemplos de substâncias que são frequentemente mal utilizadas incluem:

  • Álcool
  • Cannabis
  • Cocaína
  • Heroína
  • Metanfetaminas
  • Drogas Club
  • Esctasy
  • GHB
  • Cetamina
  • LSD
  • PCP
  • Nicotina, dentre outra drogas ilícitas.

Se você acha que o item acima se aplica a você, você pode se beneficiar da terapia para ajudá-lo a combater seu vício, ajudando-o a entender as causas subjacentes de seu vício e quais fatores podem piorá-lo.

O seu terapeuta também lhe ensinará estratégias de enfrentamento eficazes para ajudá-lo a parar e prevenir a recaída.

O MELHOR CAMINHO É AJUDA DE UMA EQUIPE MULTIDISCIPLINAR.

Quais terapias podem ajudar?

  • Terapia Comportamental Cognitiva
  • Psicanálise Psicodinâmica

Entre em contato comigo e agende uma entrevista:

Marina S. R. Almeida

Consultora Ed. Inclusiva, Psicóloga Clínica e Escolar

Neuropsicóloga, Psicopedagoga e Pedagoga Especialista

CRP 41029-6

INSTITUTO INCLUSÃO BRASIL

Whatsapp (13) 991773793 ou (13) 34663504

Rua Jacob Emmerich, 365 sala 13 – Centro – São Vicente-SP

CEP 11310-071

marinaalmeida@institutoinclusaobrasil.com.br

www.institutoinclusaobrasil.com.br

https://www.facebook.com/InstitutoInclusaoBrasil/

https://www.facebook.com/marina.almeida.9250

https://www.facebook.com/groups/institutoinclusaobrasil/

Conheça os E-Books

Coleção Neurodiversidade

Coleção Escola Inclusiva

Os E-books da Coleção Neurodiversidade, abordam vários temas da Educação, elucidando as dúvidas mais frequentes de pessoas neurodiversas, professores, profissionais e pais relativas à Educação Inclusiva.

Outros posts

ANSIEDADE E PSICOTERAPIA ON-LINE

Conhece esse sentimento do seu coração batendo mais rápido em resposta a uma situação estressante? Ou, talvez, sinta falta de ar e suas mãos fiquem suadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×