IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO DE AUTISMO OU SÍNDROME DE ASPERGER NA VIDA ADULTA – HOMENS E MULHERES

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter

O autismo é caracterizado principalmente por desafios sociais e comportamentais, incluindo:

  1. Diferenças em como as pessoas percebem seus ambientes e aqueles ao seu redor.
  2. Barreiras de comunicação devido à forma como as pessoas processam e verbalizam as informações.
  3. A necessidade de manter rígidos – e às vezes repetitivos – padrões e rituais que podem interferir nas interações sociais e na qualidade de vida.

Não há duas pessoas com transtorno do espectro autista (TEA) que apresentam exatamente o mesmo conjunto de sintomas. Lembrando que o autismo em mulheres o fenótipo do autismo tem evolução diferente.

O diagnóstico de sindrome de Asperger, nao será mais utilizado a partir de 2022, todo diagnóstico de autismo será através dos critérios diagnósticos do DSM-5 – Transtorno do Espectro Autista e níveis de funcionamento -(1 leve, 2 moderado ou 3 severo) e a CID-11, que irá avaliar as áreas funcionais da inteligencia, linguagem e comportamento.

O TEA é conhecido como um espectro devido à variedade de seus sinais, sintomas e às diferenças de gravidade.

Algumas pessoas com TEA apresentam sintomas que tornam a vida diária difícil. Geralmente podem ter se sentido assim desde a infância, mas não foram capazes de identificar exatamente o porquê. Ninguém se torna autista, as pessoas nascem com autismo, é uma condição de vida, é fazer parte da diversidade humana.

Da mesma forma, pessoas com TEA podem não perceber que se sentem ou se comportam de maneira diferente, mas outras pessoas ao seu redor podem perceber que se comportam ou agem de maneira diferente.

Embora o autismo seja mais frequentemente diagnosticado em crianças, é possível que adultos com transtorno do espectro do autismo não sejam diagnosticados e odem ser pais e ou mães de crianças autistas sem se darem conta disto.

Se você acha que pode estar no espectro do autismo, este artigo irá explicar alguns dos traços comuns associados ao TEA, bem como vantagens e importancia do diagnóstico e tratamento.

A Psicóloga Marina Almeida é especialista em Transtorno do Espectro Autista. Realizo psicoterapia online ou presencial e diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista em Adultos online ou presencial.

Agende uma consulta no WhatsApp (13) 991773793.

Na maioria das vezes, os sintomas proeminentes de TEA são diagnosticados em crianças pequenas por volta da idade de bebês.

Se você é um adulto que não foi diagnosticado com autismo, mas acredita que pode ter TEA, pode ser considerado um autista – Transtorno do Espectro Autista – leve – nível 1 de funcionamento – segundo o DSM-5.

Alguns indicadores:

  1. Desafios de comunicação
  2. Você tem problemas para ler dicas sociais.
  3. Participar de uma conversa é difícil.
  4. Você tem dificuldade em se relacionar com os pensamentos ou sentimentos dos outros.
  5. Você não consegue ler bem a linguagem corporal e as expressões faciais. (Você pode não conseguir dizer se alguém está satisfeito ou infeliz com você.)
  6. Você usa padrões de fala monótonos ou robóticos que não comunicam o que você está sentindo.
  7. Você inventa suas próprias palavras e frases descritivas.
  8. As vezes compreende figuras de linguagem e frases de efeito, mas geralmente é bem difícil entender metáforas, ironias, piadas.
  9. Você não gosta de olhar nos olhos de alguém ao falar com ela.
  10. Você fala nos mesmos padrões e tom, esteja em casa, com amigos ou no trabalho.
  11. Você fala muito sobre um ou dois tópicos favoritos.
  12. Construir e manter amizades íntimas é difícil.
  13. Dificuldades emocionais e comportamentais
  14. Você tem problemas para regular suas emoções e suas respostas a elas.
  15. Mudanças nas rotinas e expectativas causam explosões ou colapsos.
  16. Quando algo inesperado acontece, você responde com um colapso emocional.
  17. Você fica chateado quando suas coisas são movidas ou reorganizadas.
  18. Você tem rotinas, programações e padrões diários rígidos que devem ser mantidos de qualquer maneira.
  19. Você tem comportamentos e rituais repetitivos.
  20. Você faz barulho em lugares onde o silêncio é esperado.
  21. Outros sinais mais específicos de cada caso.
  22. Você se preocupa profundamente e tem conhecimento sobre algumas áreas específicas de interesse (como um período histórico, série de livros, filme, indústria, hobby ou campo de estudo).
  23. Você é muito inteligente em uma ou duas áreas acadêmicas desafiadoras, mas tem grande dificuldade em se sair bem em outras.
  24. Você experimenta hipersensibilidade ou sensibilidade prejudicada a estímulos sensoriais (como dor, som, toque ou cheiro).
  25. Você se sente desajeitado e tem dificuldade de coordenação.
  26. Você prefere trabalhar e se divertir sozinho, em vez de com os outros.
  27. Outros o consideram excêntrico ou acadêmico.
  28. Se você é uma mulher autista nem todos os indicadores podem estar presentes, mas altos níveis de ansiedade e quadro de depressão.
  29. Geralmente tem dificuldades com sexo e exercer sua sexualidade.
  30. Se está namorando ou é casada(o): o relacionamento conjugal é fonte de estresse por falta de comunicação afetiva, pouca frequência em relações sexuais, alterações sensoriais e deseja ficar sempre em casa.

Diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista -TEA em adultos

Atualmente não há critérios de diagnóstico padrão para adultos com suspeita de TEA, mas eles estão em desenvolvimento.

Nesse ínterim, os psiquiatras, neurologistas e psicólogos especialistas em autismo diagnosticam principalmente adultos com TEA por meio de entrevistas, observações e interações pessoais. Eles também levam em consideração o conjunto de sintomas, para investigar a causa de origem.

Sabemos que o fenótipo do autismo carrega comorbidades psiquiátricas (depressão, ansiedade) e neurológicas (epilepsia, TDAH), sendoum complicador a mais na vida das pessoas, quando não são tratadas adequadamente por profissionais de sáude qualificados na área do autismo.

Importância do diagnóstico na vida adulta

  • Receber um diagnóstico de TEA quando adulto pode significar uma maior compreensão de si mesmo e de como você se relaciona com o mundo.
  • Sentimento de alívio e compreensão de si mesmo.
  • Buscar os tratamentos adequados para você.
  • Ajudá-lo a aprender como trabalhar melhor com seus pontos fortes e fortalecer as áreas de sua vida que são desafiadoras.
  • O diagnóstico pode ajudá-lo a ter uma perspectiva diferente sobre sua infância e vida como um todo.
  • Também pode ajudar as pessoas ao seu redor a compreender e ter mais empatia com suas características únicas.
  • Compreender melhor o conjunto de desafios que você enfrenta pode ajudá-lo a encontrar maneiras novas e criativas de lidar com ou em torno desses desafios cotidianos.
  • Ser respeitado pela sua inerencia e diversidade.
  • Ter seus direitos como pessoa TEA grantidos por lei, como cidadão.

Se você for diagnosticado com TEA, é possível buscar tratamentos que ajudem a melhorar sua qualidade de vida, relacionamentos, atividade laboral/profissional e perspectivas no futuro.

À medida que a conscientização sobre o TEA continua a crescer e critérios diagnósticos mais detalhados para adultos são colocados em prática, novos recursos e tratamentos também continuarão a se tornar disponíveis.

A Psicóloga Marina Almeida é especialista em Transtorno do Espectro Autista. Realizo psicoterapia online ou presencial e diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista em Adultos online ou presencial.

Agende uma consulta no WhatsApp (13) 991773793.

Assista o vídeo: A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO DE AUTISMO NA VIDA ADULTA

https://www.canalautismo.com.br/noticia/documentario-stimados-autistas-conta-experiencia-de-adultos-autistas/

Agendamento para consulta presencial ou consulta de psicoterapia on-line:

WhatsApp (13) 991773793

Marina S. R. Almeida

Consultora Ed. Inclusiva, Psicóloga Clínica e Escolar

Neuropsicóloga, Psicopedagoga e Pedagoga Especialista

Licenciada no E-Psi pelo Conselho Federal de Psicologia para atendimento de Psicoterapia on-line

CRP 06/41029

INSTITUTO INCLUSÃO BRASIL

(13) 34663504

Rua Jacob Emmerich, 365 – sala 13 – Centro – São Vicente-SP

CEP 11310-071

marinaalmeida@institutoinclusaobrasil.com.br

www.institutoinclusaobrasil.com.br

https://www.facebook.com/InstitutoInclusaoBrasil/
https://www.facebook.com/marina.almeida.9250
https://www.facebook.com/groups/institutoinclusaobrasil/

Conheça os E-Books

Coleção Escola Inclusiva

Coleção Escola Inclusiva

A Coleção Escola Inclusiva aborda vários temas da educação, elucidando as dúvidas mais frequentes dos professores, profissionais e pais relativas à Educação Inclusiva.

Outros posts

ADOLESCENTE BORDERLINE COMPREENSÃO DA PSICANÁLISE

Em termos de diagnóstico descritivo, o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (American Psychiatric Association, 1995) aponta nove critérios para o “Transtorno de Personalidade

DEPRESSÃO CUIDANDO DE VOCÊ

Uma das primeiras coisas em que paramos de cuidar quando sofremos com Depressão, somos nós mesmos. A Depressão pode se manifestar devagar, como por exemplo,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×