Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter

Cada vez mais se fala, nos estudos genéticos sobre autismo, sobre o fenótipo mais amplo, isto é, sobre características muito leves que podem ser vistas em irmãos e irmãs de crianças com autismo, que podem ser vistas também em pais ou em outros parentes dessas crianças.

A taxa entre irmãos é muito aumentada. Esses são dados de estudos epidemiológicos. Um irmão ou irmã de uma pessoa com autismo, tem um risco de 4 a 5 % de ter autismo ou 15 a 20 % de ter um Transtorno do Espectro Autístico.

Esse fenótipo autístico amplo, que vem sendo tão comentado, não está em nível de diagnóstico, não pode ser considerado uma deficiência nem precisa intervenções, mas é importante para entender o que está por trás do autismo.

As crianças, os adolescentes e os adultos com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) têm uma taxa mais elevada de transtornos psiquiátricos ou comorbidades associadas ao quadro autístico do que a população em geral.

Encontramos:

  • TRANSTORNO DE ANSIEDADE
  • TRANSTORNO DEPRESSIVO
  • TRANSTORNO DE DÉFICIT ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE – TDAH
  • TRANSTORNO BIPOLAR – TB
  • TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULISVO – TOC
  • ESQUIZOFRENIA

Entre em contato comigo e agende uma entrevista:

Marina S. R. Almeida

Consultora Ed. Inclusiva, Psicóloga Clínica e Escolar

Neuropsicóloga, Psicopedagoga e Pedagoga Especialista

CRP 41029-6

INSTITUTO INCLUSÃO BRASIL

Whatsapp (13) 991773793 ou (13) 34663504

Rua Jacob Emmerich, 365 sala 13 – Centro – São Vicente-SP

CEP 11310-071

marinaalmeida@institutoinclusaobrasil.com.br

www.institutoinclusaobrasil.com.br

https://www.facebook.com/InstitutoInclusaoBrasil/

https://www.facebook.com/marina.almeida.9250

https://www.facebook.com/groups/institutoinclusaobrasil/

Conheça os E-Books

Coleção Escola Inclusiva

Coleção Escola Inclusiva

A Coleção Escola Inclusiva aborda vários temas da educação, elucidando as dúvidas mais frequentes dos professores, profissionais e pais relativas à Educação Inclusiva.

Outros posts

QUANDO PROCURAR AJUDA DE UM PSICÓLOGO?

Considera-se que o estado de saúde seja representado pela ausência de enfermidade, conceito que a definição da OMS amplia, tratando-se como “estado de completo bem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×