QUAL A DIFERENÇA ENTRE PSICÓLOGO E PSIQUIATRA?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter

O Psicólogo é aquele profissional que depois de cinco anos em um curso superior de graduação em Psicologia, se especializa em uma área do comportamento humano e não está autorizado a medicar ou prescrever nenhum medicamento a seu paciente.

Nesta área ele irá trabalhar procurando ajudar as pessoas, a se compreenderem, resolverem seus conflitos, elaborarem seus sofrimentos psíquicos, se relacionarem melhor com os outros, com seu trabalho e com sua vida de forma criativa.

Muitas vezes, o Psicólogo Clínico é confundido com o médico Psiquiatra, mas a diferença é que o Psicólogo vai se dedicar ao acolhimento e compreensão do seu paciente para a resolução dos seus conflitos e sofrimento psíquico.

O psicólogo atua através de métodos e técnicas psicoterápicas ou terapêuticas.

O psicólogo não lançará mão de intervenções medicamentosas, pois inclusive, não tem formação médica para prescrever nenhum tipo de medicação.

Psiquiatra

A Psiquiatria é um ramo da Medicina que tem por objeto o tratamento da pessoa em sofrimento mental por causas orgânicas, funcionais e ou manifestações severas de acometimento psíquico. Atua com intervenções de prevenção, medicação, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais.

Os medicamentos psiquiátricos são parte importante do arsenal terapêutico, o que é único na Psiquiatria, pois só podem ser prescritos por quem tem formação em Medicina.

A avaliação com o médico Psiquiatra envolve o exame do estado mental e a história clínica do paciente, bem como solicitação de exames laboratoriais e de imagens.

A Psiquiatria postula uma diferença entre o que é um funcionamento humano normal e o que é um funcionamento patológico no plano de sua humanidade e sua vitalidade. Portanto, o que é normal ou patológico num funcionamento humano, está intimamente ligado às áreas comprometidas na vida do sujeito, a frequência e intensidade do acometimento psíquico que interfere em suas relações pessoais, produtividade, pensamentos, percepções e juízo da realidade.

Gostou do artigo? Comente e compartilhe!

Se quiser, escreva para Psicóloga Marina Almeida

Entre em contato comigo e agende uma entrevista:

Marina S. R. Almeida

Consultora Ed. Inclusiva, Psicóloga Clínica e Escolar

Neuropsicóloga, Psicopedagoga e Pedagoga Especialista

CRP 41029-6

INSTITUTO INCLUSÃO BRASIL

Whatsapp (13) 991773793 ou (13) 34663504

Rua Jacob Emmerich, 365 sala 13 – Centro – São Vicente-SP

CEP 11310-071

marinaalmeida@institutoinclusaobrasil.com.br

www.institutoinclusaobrasil.com.br

https://www.facebook.com/InstitutoInclusaoBrasil/

https://www.facebook.com/marina.almeida.9250

https://www.facebook.com/groups/institutoinclusaobrasil/

Conheça os E-Books

Coleção Escola Inclusiva

Coleção Escola Inclusiva

A Coleção Escola Inclusiva aborda vários temas da educação, elucidando as dúvidas mais frequentes dos professores, profissionais e pais relativas à Educação Inclusiva.

Outros posts

DEPENDÊNCIA DA INTERNET

Você tem Dependência da Internet? Você joga videogame na Internet em excesso? Você está comprando compulsivamente online? Não consegue parar fisicamente de verificar o Facebook?

DICAS ÚTEIS PARA DETECTAR DISLEXIA

Velocidade da leitura Muitos disléxicos aprenderam a ler de maneira ortográfica – letra por letra – e isso os torna leitores lentos. Na leitura de

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×